Campanha – Governo de PE – 130 mil empregos novo
Prefeitura de Jaboatão
Coluna Coluna da quarta | O perigo que Eduardo Honório corre de entrar no hall dos ex-prefeitos rejeitados de Goiana

Coluna da quarta | O perigo que Eduardo Honório corre de entrar no hall dos ex-prefeitos rejeitados de Goiana

Publicado em: 31/03/2021 - 0:02m

Sem freio nas palavras e na política sem uma condução clara, o prefeito de Goiana, Eduardo Honório tem o desafio de se reinventar nos próximos para não cair no ostracismo após concluir seu mandato. Ele assumiu a cidade ainda no mandato passado quando o então prefeito Osvaldinho pediu licença para cuidar da saúde e não voltou mais. Venceu a eleição em 20 para o forte ex-prefeito Edval e se consolidou como uma nova liderança.

Porém, o costume de ter Osvaldinho sempre conduzindo o processo deu a Eduardo Honório, após a morte do seu padrinho, um clima de independência ao ponto de não conseguir controlar as emoções e decisões. Teceu críticas ao Governo, depois recuou. Agora tem a missão de correr atrás do prejuízo para alavancar sua gestão ou terá o mesmo fim dos seus antecessores Fred Gadelha e Henrique Fenelon que ostentam uma alta rejeição entre os goianenses.

Por fim, Goiana vive uma lacuna de lideranças com a morte de Osvaldinho e mais uma derrota de Edval. Em outras palavras, o campo está completamente aberto para quem desejar comandar a cidade no futuro.

REFORMA DA PREVIDÊNCIA – A Câmara de Vereadores de Vicência aprovou ontem o texto da Reforma da Previdência municipal. 10 vereadores aprovaram a reforma, dois votaram contra e teve uma abstenção. Vicência é uma das milhares de cidade que tem o regime próprio.

AMPLIANDO AS BASES – O deputado estadual Gustavo Gouveia (DEM) vem ampliando suas bases para a eleição do próximo ano. Ele elegeu 10 prefeitos e conta com outras lideranças importantes. Para os calculistas políticos de plantão ele vai beirar os 70 mil votos, 20 mil a mais do que obteve em 18.

TROCA DE POSTO– Com gás de iniciante, o ex-deputado estadual Henrique Queiroz vem fazendo uma boa gestão no Iterpe (Instituto de Terras e Reforma Agrária), porém a Coluna apurou que existe uma grande possibilidade dele ir comandar a Adagro (Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco).

RÁPIDAS

NOME FORTE – O presidente da Alepe, Eriberto Medeiros está cada vez mais próximo da cúpula da Frente Popular. Seu nome já foi cogitado por vários analistas políticos para compor a chapa majoritária na eleição de 22. Se isso de fato acontecer, ele muda automaticamente a geografia política de várias cidades.

CAMARAGIBE – Uma das lideranças que aguarda essa decisão sobre o futuro de Eriberto Medeiros é a prefeita Dra,. Nadegi Queiroz que já projeta seu filho João para uma eventual disputa para ocupar uma cadeira na Alepe.

TRACUNHAÉM – O prefeito Irmão Aluízio (PL) vem mantendo a risca o pagamento religiosamente em dia. Essa foi uma das marcas do seu antecessor e padrinho político, Belarmino Vasquez.

PINGA-FOGO: Com Bolsonaro no palanque, Oposição conseguirá viabilizar um candidato em 22?

Elielson Lima 31 mar 2021 - 0:02m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

Curta no Facebook

Publicidade

Arquivos do Blog