GOVERNO DE PE – USO DE MÁSCARA (REFORÇO 2021) – COVID 19
Jaboatão – Habitacional
Homenagem No dia da Mulher, João Campos anuncia conjunto de medidas para fortalecer políticas e ampliar os serviços para as mulheres do Recife

No dia da Mulher, João Campos anuncia conjunto de medidas para fortalecer políticas e ampliar os serviços para as mulheres do Recife

Publicado em: 08/03/2021 - 11:35m

Na manhã desta segunda-feira (8), no Centro Clarice Lispector, prefeito autorizou a ampliação do serviço do centro para 24h e a descentralização, nas unidades do Compaz. Prefeito também criou a Câmara Técnica Municipal de Enfrentamento da Violência Contra a Mulher, além do Núcleo Institucional de Mulheres Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais

Nesta segunda-feira, 8, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher, o prefeito do Recife João Campos anunciou um conjunto de medidas para fortalecer as políticas públicas destinadas às mulheres. No Centro de Referência Clarice Lispector, ele falou sobre a ampliação dos serviços de acolhimento e atendimento às mulheres em situação de violência doméstica e sexista. Agora, as atividades do Clarice Lispector funcionarão 24h por dia. Os serviços do Centro também passarão a ser oferecidos nas salas da Secretaria da Mulher do Recife localizadas nos Compaz.

“Hoje, dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, viemos ao Centro Clarice Lispector que é um centro de referência na cidade para acolhimento da mulher em situação de violência. Nós anunciamos aqui que o centro passará a funcionar 24 horas por dia, e também vamos expandir o atendimento descentralizado – em todo Compaz da cidade vai ter um Centro Clarice Lispector para poder acolher as mulheres recifenses. Esse compromisso é de todos nós”, declarou o gestor municipal.

Na ocasião, o chefe do executivo assinou dois decretos, o primeiro institui a Câmara Técnica Municipal de Enfrentamento da Violência Contra a Mulher e o segundo cria o Núcleo Institucional de Mulheres Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LBT). João Campos também encaminhou à Câmara Legislativa um Projeto de Lei do Executivo que torna a Cooperativa Ecovida Palha de Arroz, formada apenas por mulheres, entidade de utilidade pública. A vice-prefeita da cidade Isabella de Roldão participou da solenidade: “quero parabenizar o prefeito pela coragem de assinar, aceitar e receber as proposições. O Recife dá passos fortes e seguros para uma política pública de igualdade”.

Já a secretária da Mulher Glauce Medeiros reafirmou o compromisso da Prefeitura com as mulheres em situação de violência. “Esse anúncio da expansão do horário de atendimento e da descentralização mostra para a cidade do Recife que a Prefeitura está buscando cuidar das mulheres que mais estão precisando do nosso serviço neste momento, que são as mulheres em situação de violência, agravadas ainda mais com a pandemia”, comentou ela.
A Câmara Técnica Municipal de Enfrentamento da Violência Contra a Mulher realiza o monitoramento das políticas públicas, bem como analisa os índices de violência contra a mulher com o intuito de orientar as ações de enfrentamento a serem desenvolvidas pelo executivo municipal. Participam da Câmara membros advindos das Secretarias da Mulher, de Direitos Humanos, Saúde, Segurança Urbana, Desenvolvimento Social, Juventude e Políticas sobre Drogas, Educação, Trabalho e Qualificação Profissional, bem como integrantes do Centro de Referência Clarice Lispector e da Brigada Maria da Penha.

Outra importante ação do prefeito João Campos é a criação do Núcleo Institucional de Mulheres Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LBT) que irá orientar as estratégias de ação para implementação de políticas públicas de gênero, diversidade e sexualidade, fortalecendo a intersetorialidade na gestão.

Cooperativa Ecovida Palha de Arroz – Ainda nesta segunda-feira, o prefeito João Campos assinou o Projeto de Lei que reconhece a Cooperativa Ecovida Palha de Arroz, no bairro do Arruda, como entidade de utilidade pública. As cooperadas são acompanhadas pela Secretaria da Mulher do Recife desde 2014. Em 2018, fruto de um processo de construção coletiva, aconteceu a formalização das atividades em forma de cooperativa.

Antes das intervenções da Prefeitura do Recife, as mulheres trabalhavam de forma avulsa, sob sol ou chuva, nos bairros do Arruda, Campo Grande e entorno. Hoje, 15 mulheres fazem a separação dos resíduos a serem reciclados. Foram arrecadadas, entre agosto de 2020 até agora, mais de duas toneladas de plástico, material que seria descartado de forma irregular, poluindo o ecossistema da cidade.

O trabalho da Secretaria da Mulher do Recife na cooperativa se dá através de atividades de fortalecimento sociopolítico e econômico entre as cooperadas, além de empoderamento do grupo através de oficinas lúdicas e de formação. Em 2020, a Secretaria de Inovação Urbana do Recife também levou para o espaço o Projeto Recicla Mais, cujo objetivo é reduzir a poluição de material plástico nos rios, canais, barreiras e demais espaços públicos.

Centro Clarice Lispector – É o principal equipamento da Prefeitura do Recife no enfrentamento à violência doméstica e sexista contra a mulher. No local, as mulheres são acolhidas e orientadas por uma equipe multidisciplinar, composta por psicólogas, assistentes sociais, advogadas e educadoras sociais. Todo o serviço é gratuito, funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. O Clarice dispõe de um disque-orientação, o Liga, Mulher (0800 2810107), que funciona de segunda à sexta, das 8h às 18h. Durante a pandemia do novo coronavírus, também passou a oferecer um serviço de Whatsapp 24 horas (99488.6138) para facilitar o acesso de mulheres que poderiam estar confinadas em casa com homens agressores e não tinham como chegar ao serviço. O Centro de Referência Clarice Lispector fica localizado na Rua Bernardo Guimarães, 470, no bairro de Santo Amaro.

Elielson Lima 08 mar 2021 - 11:35m

Comentários

Pesquisar

Curta no Facebook

Publicidade – Petrolina

Publicidade

Publicidade

Arquivos do Blog