Jaboatão / Limpeza
GOVERNO DE PE – USO DE MÁSCARA (REFORÇO 2021) – COVID 19
Coluna Coluna da sexta | O desafio das candidaturas proporcionais em 22

Coluna da sexta | O desafio das candidaturas proporcionais em 22

Publicado em: 07/05/2021 - 0:43m

A bancada federal pernambucana é constituída por 25 deputados pertencentes a 17 partidos diferentes. Essa pluralidade de siglas deve-se ao modelo eleitoral de coligação proporcional adota na eleição de 2018. Se atual regra for mantida, muitos presidentes de partidos terão que correr atrás do prejuízo para montar uma chapa ou terão que correr para um partido que seja viável suas candidaturas.

Na Alepe, a situação é a mesma com 49 deputados estaduais o multipartidarismo é presente. Pelo quantidade de parlamentares e pela força política dois partidos se sobressaem nesse contexto, o PSB e PP. O primeiro pela força da Frente Popular e ter o comando do Estado há anos, além de ter um número significativo de quadros na disputa. Por sua vez, os Progressistas constituem uma bancada grande na Assembleia Legislativa e dois federais.

Os demais partidos terão que torcer para mudar a regra ou se aglutinarem. A eleição do próximo ano trará de volta o protagonismo do PT. O partido de Lula encolheu na Alepe e na bancada federal. Com a candidatura do ex-presidente a chance de ampliar esse número é muito grande. Outras siglas também aparecem bem como o PSC, MDB e o Podemos.

Por fim, 22 será um pleito ainda mais difícil para os novatos porque além de não terem o peso do mandato também terão que driblar a tentativa de os transforem em caudas, são candidatos que sustentam um candidato mais competitivo garantindo a quantidade para atingir o coeficiente eleitoral.

SE MOVIMENTANDO – O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho se reuniu em Brasília com o deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos). Mesmo na base governista, Silvinho estendeu o tapete vermelho para Miguel como é próprio do seu estilo de fazer política. O encontro não foi divulgado nas redes sociais, mas foi bastante comentado nos corredores da Câmara.

RECADO DADO – O presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes bateu forte na Oposição e adiou o discurso da eleição para o próximo ano com o argumento que “a população não quer saber disso”. O movimento do socialista se deu um dia após a Oposição anunciar unidade para 22. Sileno usou a estratégia adotada pelo saudoso Eduardo Campos.

BALANÇO – A Procuradoria-Geral de Justiça de Pernambuco publicou a primeira edição de uma iniciativa digital que reúne as principais atividades do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) durante o primeiro quadrimestre do ano de 2021. O site reúne 12 matérias e um artigo de apresentação que é assinado pelo procurador-geral de Justiça de Pernambuco, Paulo Augusto Freitas.

RÁPIDAS

RELAÇÃO INTERNACIONAL – O embaixador de Israel no Brasil, Shmulik Bass, visitou a superintendência regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em Petrolina, para conhecer projetos e discutir possíveis parcerias nas áreas de recursos hídricos e agricultura. 

DISTRIBUINDO POÇOS – O deputado Antônio Coelho (DEM) está rodando o Estado distribuindo poços e ações do INCRA. Filho do líder do Governo Bolsonaro, senador Fernando Bezerra Coelho, Antônio vem usando a influência da família para pavimentar sua reeleição na Alepe.

APOSTA – O Cidadania está apostando as fichas no desempenho do vereador Itamar das Montanhas em Paulista. O trabalho dele está repercutindo ao ponto de ser é cotado para disputar um mandato de deputado estadual com a benção de Daniel Coelho.

PINGA-FOGO: Só o MDB de hoje conseguirá reeleger Raul Henry?

Elielson Lima 07 maio 2021 - 0:43m

Comentários

Pesquisar

Curta no Facebook

Publicidade – Petrolina

Publicidade

Publicidade

Arquivos do Blog